terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Sonho inglês

Uma vez me disseram a seguinte frase: “nunca desista daquilo que você pede todas as noites antes de dormir”, e os sonhos nascem e se concretizam assim, com amor, garra e perseveraça. Me lembro do dia que descobri que consegui a vaga para Londres como se fosse ontem, o tamanho da felicidade que invadiu meus peitos é indescritível e hoje, meses depois e poucos dias que embarcar de volta para casa, olho pra trás e só consigo sentir gratidão por toda essa jornada maravilhosa que foi realizar meu sonho. 
A Inglaterra é encantadora, assim como as pessoas daqui, na Marymount fizemos amizades com pessoas de vários lugares do mundo com culturas e idiomas diferentes, que nos receberam de braços abertos. Em Kingston, encontramos uma zona de conforto e um lugar que podemos chamar de casa, chegamos todas perdidas mas hoje já posso dizer que conhecemos a cidade com a palma das nossas mãos. Por fim, a capital londrina em si, nos jogamos de cabeça e nos aventuramos por ela toda (ou quase toda né), pegando um metrô, ônibus ou trem dali pra cá, fomos nos apaixonando mais e mais por essa cidade maravilhosa. 
Fizemos compras na famosa Oxford Street, turistamos pelos pontos mais famosos do mundo como, Big Ben, London Eye, Bright Tower e o Buckingham Palace. Conhecemos mercados como o Portobello, visitamos Notting Hill, caminhamos por parques lindos como o Regents e o Hyde. O espírito de fã nos levou até a Abbey Rode, onde foi tirada a famosa foto dos Beatles, e até a Plataforma 9 3/4 do Harry Potter.

Foram experiências e momentos que não tem preço, simplesmente, demos um pulinho para fora das nossas zonas de conforto e nos jogamos nesse mundo onde há tanta coisa para aprender, ensinar e conhecer, cada pessoa, lugar e momento que experimentamos aqui estará sempre guardado no coração de cada uma de nós, e posso dizer com certeza que na Inglaterra encontrei paz e felicidade, levarei esse lugar comigo, nas minhas memórias e coração para sempre.

Ass: Isabelle Moreira, Colégio Sagrado Coração de Maria Brasília 

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Let it be, London!!


Mariana Gonçalves Pequeno
CSCM- RJ
Diário de Intercambio
     Depois de quase 40 dias aqui na Inglaterra, posso afirmar com todas as letras que está sendo as melhores férias da minha vida. Nunca tive a oportunidade de viajar para Europa e com a ajuda da escola consegui realizar esse sonho muito antigo.
      A instituição é composta por alunas do mundo todo, é possível encontrar pessoas de quase todas as nacionalidades, porém não são só as alunas, são os professores também. Tenho professor até que fala português. Não é um máximo? Não ouço somente inglês aqui. Ouço também muita gente falando espanhol, japonês, coreano, francês... é muito bom essa oportunidade de interagir com pessoas tão diferentes.
      A comida servida é sempre muito diferenciada, não abrange apenas a culinária britânica, é posto refeições indianas, italianas, japonesas, africanas e etc. Posso dizer que a melhor parte são as sobremesas que são maravilhosas.
      A escola também está nos ajudando em tudo que é possível e já até deu dois presentes aqui, além da recepção, hospitalidade e o acolhimento incrível. Ela nos proporcionou a ida de dois shows bárbaros, que foram a peça Amadeus e o Cirque du Soleil. Essas apresentações foram sensacionais!! Eu e as meninas simplesmente amamos!
      Já nos finais de semanas, sempre tentamos aproveitar o máximo.  Fizemos vários passeios divertidos, como: ao inesquecível London Eye, onde se pode ver a cidade toda, Oxford Street, a rua das compras.  Outro programa bacana em que fomos foi uma excursão de barco no Rio Tâmisa, por onde passamos por vários outros pontos turísticos, como a Tower Bridge.
      Visitamos também a Plataforma 9 ¾, do filme do Harry Potter. Além desses lugares todos, fomos Buckingham Palace, onde mora a família real.
      A escola também nos deu ingresso para conhecermos um castelo que tem aqui mesmo em Kingston, onde a escola é localizada. O nome do palácio é Hampton Court Palace, que foi uma das moradias de Henrique VIII. Posso dizer que foi que lugar maravilhoso, cheio de tanta história e conhecimento. Tem uma arquitetura muito bonita e bem trabalhada, sem contar com o enorme jardim.
      Está sendo uma experiência maravilhosa, conheci tanta gente diferente, visitei lugares esplendidos e consegui aperfeiçoar o meu inglês. Agradeço a escola pela essa oportunidade e agradeço a todas as meninas daqui do colégio e principalmente as brasileiras que vieram comigo, não seria a mesma coisa sem elas. Vou morrer de saudades de delas, da escola, de tudo!!


a caminho de Londres 

 Buckingham Palace

London Eye

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Primeira semana em Medellín

Oi gente,
Meu nome é  Mariana Basilio e moro em Vitória, ES.

Eu, Lucca, Isabela e Ana (os outros intercambistas) chegamos em Medellín dia 28 de janeiro às 23:30, e no aeroporto minha host family estava me esperando com balões e um bichinho de pelúcia. Como estava tarde, logo que chegueui em casa fui dormir.

Durante a semana, tivemos aula até às 15:15,  nas terças e quintas até às 16:15 devido às aulas de espanhol depois da classe. Depois da escola passeamos no shopping, fomos tomar sorvete, e fazer um trabalho sobre o Brasil para enteregar na outra semana.

As pessoas são muito legais e acolhedoras e ficam super curiosas acerca do nosso país. As aulas são muito diferentes, são mais discutidas e ficamos sentados em grupos todas as aulas.


Enfim, estou amando a experiência de conhecer uma cultura diferente e novas pessoas.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Go Wildcats!

Esse post vai ser rapidinho, mas e' so' pra compartilhar uma experiência que eu tive e eu achei muito doido.
Aqui eles dao muuuito valor pra esporte universitário - e' televisionado as vezes!- e ai no meu primeiro domingo aqui, eu fui no jogo de basquete do sobrinho da minha host mother. Ele joga pela universidade dele na Carolina do Norte e agora eles tao em temporada de jogos (jogaram no Havaí, aqui em Nova York, voltaram pra Carolina do Norte e vão pra Ohio essa semana). 
O jogo foi super legal e foi a primeira vez que eu fui num jogo de basquete grande assim e o melhor de tudo? o nome do time e' Davidson Wildcats! WILDCATS!! e eles usam vermelho tudo mais! Me senti quase em High School Musical

da esquerda pra direita: Eu, Elizabeth (host sister), Rusty ( sobrinho da minha host mother, ele joga pelos wildcats), Ross ( host brother) e Will ( sobrinho da mint host mother, irmao do Rusty, lee tambem jogava pelos Wildcats quango ele lava na faculdade, agora ele e' assistente de tecnico ou algo assim ) 





terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Primeira semana em New York


Oi galera,
Meu nome é Vivian e eu sou de Bh - MG.

Eu cheguei em Nova York dia 10 de janeiro (após alguns atrasos no voo por causa de uma nevasca que tava tendo aqui) e a primeira vez que eu vi a cidade eu fiquei fascinada: o sol tava nascendo e as luzes da cidade ainda estavam acesas, foi uma das cenas mais lindas que eu ja vi. No caminho de casa não foi diferente, eu continuava impressionada com a cidade com todos  os prédios super altos, a arquitetura diversa, as ruas, o Central Park. Era muito um sonho virando realidade.

Na primeira semana que eu fiquei aqui eu consegui conhecer um pouquinho mais da cidade - Central Park, Top of the Rock, World Trade Center, Times Square, Wall Street- e sentir as diferenças: as pessoas (diferentes e maravilhosas), os hábitos, a língua, a comida (que é bem menos temperada do que a brasileira), o clima. 

O frio ta sendo um desafio, já que nós brasileiros estamos acostumados com o clima quente o ano inteiro. Ainda sobre o tempo, há alguns dias nevou aqui, foi a primeira vez que vi neve e eu fiquei completamente maravilhada. 

Eu pensei que seria super difícil de adaptar com todas as diferenças, mas nem ta sendo tão assim - claro que as vezes eu fico super perdida ainda, mas minha host family linda e as meninas de Marymount tão me ajudando muuuito.

Falando de Marymount, a escola aqui é super diferente, a gente tem que mudar de salas conforme as aulas, a gente pode escolher as matérias que a gente vai fazer, a gente usa computador na aula, a escola é só pra meninas e a gente tem que usar saia! Por causa de tudo isso, o primeiro dia na escola foi um choque, não de um jeito ruim, eram só muitas diferenças de uma vez só.

Agora, depois de uma semana na cidade, eu to melhor adaptada. Eu tô começando a entender o jeito que a escola funciona, com todos os prédios diferentes, as mudanças de sala, os clubes, as escadas e as saias. Eu to começando a me dar melhor com as meninas, que tem sido muito fofas comigo. To começando a me dar melhor também com o agitado estilo de vida de New York City - com todos seus metrôs, carros e pessoas. E sobre minha host family: eu já me sinto da família ( e não é só porque eu pareço com eles)!

(texto escrito dia 18/1)


 
primeira vez no Central Park (notem o uniforme, por favor)

Rockefeller Center com meu host brother Ross

olha essa nevee!! 

Hudson river com minha host sister Elizabeth

The girl, Wall Street 

Top of the rock 


segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Nossas primeiras semanas em Londres!!

Chegamos aqui dia 9 de janeiro de 2018 e já no aeroporto nos deparamos com momentos únicos: a primeira viagem internacional desacompanhada; ao lado de pessoas que nunca havia visto antes, mas com quem já criei amizades espetaculares; sem contar a tensão de chegar a um lugar tão esperado e inédito nas vidas de todas nós. Ao chegarmos em Londres pegamos um táxi direto para a escola, com uma ansiedade imensa de conhecer tudo e um frio desconfortante no início, de quem saiu em pleno verão brasileiro.

Nossa recepção na Marymount Internacional School de Londres não poderia ser melhor. Fomos acolhidas por professores, coordenadores, staff e alunas de uma maneira reconfortante.

Tudo vem sendo uma experiência muito desafiadora, mas também enriquecedora. Aprender a conviver com meninas de todo o mundo, com diferentes culturas e costumes por ser uma escola internacional; assistir a aulas em uma língua estrangeira; se adaptar a uma boarding school (internato), na qual temos que seguir regras, cumprir horários, fazer tarefas, etc. Claro, sem deixar de conhecer um pouco da maravilhosa Kingston e da tão sonhada Londres!!

Enfim, essas foram só as primeiras semanas de uma experiência que promete muitos desafios e momentos inesquecíveis!!

Helena Lana - CSCM-BH






quarta-feira, 22 de março de 2017

Medellín vai deixar saudades!

Já retornei ao Brasil, parece que foi ontem que nós estávamos embarcando para Medellín, e eu só tenho experiências boas para comentar. Tudo lá é ótimo, na escola todos são muito simpáticos e acolhedores, minha família foi muito simpática e hospitaleira e a cidade é muito bonita.
IMG-20170319-WA0090.jpg


Visitamos vários lugares ao longo desse mês, com a escola e com as famílias. Nós fomos a vários lugares interessantes com a escola ao longo desse mês como uma espécie de "bondinho" de onde dava pra ver uma boa parte da cidade, fomos a um centro de equitação e ao museu de Antioquia.
P_20170224_162253_vHDR_On.jpg
P_20170310_160709_vHDR_On.jpg
Já nessa última semana fomos ao Parque Explora, que é um conjunto com exposições (várias dessas interativas) muito interessantes, além de aquários e viveiros com vários animais nativos da Colômbia e de outros lugares da América do Sul. Nas exposições tinham guias para dar informação sobre o que estava sendo mostrado, E em uma exposição havia inclusive uma guia que falava português.
P_20170316_143720_vHDR_On.jpg
A experiência do intercâmbio foi muito enriquecedora para mim, aprendi muito sobre a cultura e conheci muitos lugares com a minha família e com a escola, além de ter aulas diferentes das que eu curso em Brasília.